quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

A mensagem é sempre a mesma, mas às vezes se torna incompreesível. Os corações se endurecem e não conseguem mais pensar em nada, senão em si mesmos.
É a festa da doação, do sair de si e expor-se sem reservas ao próximo necessecitado. Éramos necessitados de vida, e a Vida se encarna por nós. A possuímos em abundância, porque o dom sem limite não se reservou ao encarnar-se, mas quis que todos, sem distinção, fossem plenos da vida, que é Ele próprio.
Sei que Deus tem me dado certas graças, e uma delas é poder celebrar os principais mistérios da nossa fé no lugar onde eles aconteceram.Assim é por ocasião da festa que estamos para celebrar, o Natal do Senhor.
Na linda noite de Natal, a mais encatadora de todas as noites, estarei junto com o presbitério da Terra Santa e de todo o mundo, celebrando na Basílica da Natividade o Natal do Senhor. Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada. Mas dizei uma palavra e serei salvo!
 Envie seu pedido de oração para a missa que será celebrada na gruta do nascimento de Jesus, no dia de Natal:
E-mail: weslleypaixaoo@hotmail.com
Quero rezar por você e pedir ao Menino Jesus que Ele lhe ceda um pequeno lugar na sua mangedoura. Que ali deitados, Ele venha a acariciar seu coração e lhe dar uma graça muito especial nesse Natal...assim sendo, não será mais um Natal, mas o Natal passado junto com Menino, na sua mangedoura, ao lado de Maria e José e de todos os homens de boa vontade.
Façamos da manjedoura de Belém o lugar de encontro nesse Natal, cientes que ali nos encontraremos, e ali passaremos essa noite encantadora, juntos como irmãos e como Igreja, reunidos em torno da Inocência Encarnada, do Verdo Eterno, agora homem como nós para enaltecer a nossa natureza e nos tornar dígnos de um dia participarmos de seu eterno reino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário